Veja quem são os mortos pela chuva que atingiu a Baixada Santista | Santos e Região

    0
    80

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    O temporal que atinge a Baixada Santista, no litoral de São Paulo, deixou mortos e desaparecidos em cidades da região. De acordo com o capitão e porta-voz do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo, Marcos Palumbo, as equipes trabalham nas buscas em Santos, São Vicente e em Guarujá, com 113 bombeiros e 31 viaturas.

    Segundo a Defesa Civil do Estado, em 24h choveu mais de 100 mm em todas as nove cidades da Baixada Santista. Bombeiros continuam realizando buscas e o número de pessoas mortas ainda é contabilizado.

    Saiba quem são os mortos já identificados:

    Mãe e bebê estavam em morro quando o temporal atingiu região — Foto: Reprodução/ Redes Sociais

    Mãe e bebê estavam em morro quando o temporal atingiu região — Foto: Reprodução/ Redes Sociais

    Tathiana Lopes Arantes de Lima, de 25 anos, morreu soterrada no Morro do Macaco Molhado, em Guarujá. Ela estava junto com o filho no local. Bombeiros morreram enquanto tentava resgatar a jovem e seu bebê do deslizamento. Tathiana foi identificada e o corpo liberado na tarde desta terça-feira (3).

    Cabo Moraes tentava resgatar vítimas quando morreu em Guarujá (SP) — Foto: Divulgação/Corpo dos BombeirosCabo Moraes tentava resgatar vítimas quando morreu em Guarujá (SP) — Foto: Divulgação/Corpo dos Bombeiros

    Cabo Moraes tentava resgatar vítimas quando morreu em Guarujá (SP) — Foto: Divulgação/Corpo dos Bombeiros

    Rogério de Moraes Santos trabalhava como bombeiro há 12 anos e estava lotado na corporação de Guarujá. Ele morreu durante a madrugada desta segunda-feira (3), tentando salvar mãe e bebê dos deslizamentos, no Morro do Macaco.

    Soldado trabalhava no Corpo de Bombeiros de Guarujá (SP) — Foto: Reprodução/ Redes SociaisSoldado trabalhava no Corpo de Bombeiros de Guarujá (SP) — Foto: Reprodução/ Redes Sociais

    Soldado trabalhava no Corpo de Bombeiros de Guarujá (SP) — Foto: Reprodução/ Redes Sociais

    O cabo Marciel De Souza Batalha atuava como bombeiro na corporação de Guarujá. Ele estava junto com o cabo Moraes e também morreu enquanto tentava salvar vítimas dos deslizamentos.

    Rogério de Moraes Santos, de 43 anos, era de Guarujá e foi uma das vítimas do deslizamento. O corpo do homem foi identificado por familiares e liberado em seguida.

    Terceirizada precisou drenar água de cratera em São Vicente (SP) — Foto: Vanessa Rodrigues/ A TribunaTerceirizada precisou drenar água de cratera em São Vicente (SP) — Foto: Vanessa Rodrigues/ A Tribuna

    Terceirizada precisou drenar água de cratera em São Vicente (SP) — Foto: Vanessa Rodrigues/ A Tribuna

    O idoso de 86 anos morreu após o chão da clínica de repouso em que ele morava ceder, em São Vicente. Moisés Elias Neto ficou soterrado em uma cratera que se formou no chão do banheiro da clínica, localizada no bairro Vila Valença. Segundo o Corpo de Bombeiros, foi necessário uma empresa terceirizada ir até o local para bombear a água que estava no buraco. Após a drenagem, eles conseguiram encontrar o corpo da vítima.

    Além destas vítimas, duas pessoas também morreram na rua Uruguai, no Jardim Centenário, e uma mulher morreu no hospital após ser socorrida na Vila Baiana, em Guarujá. Os nomes dessas pessoas ainda não foram divulgados oficialmente.

    CHUVAS NA BAIXADA SANTISTA



    Fonte



    Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


    Lima & Santana Propaganda