Justiça determina que ex-vereador de Ivaí acusado de matar comerciante a facadas vá a juri popular | Campos Gerais e Sul

    0
    6

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    A Justiça determinou, na terça-feira (8), que o ex-vereador de Ivaí, na região dos Campos Gerais do Paraná, Luisir Lobacz vá a júri popular pela morte do empresário Everaldo Manfron.

    Lobacz é acusado de ter matado o comerciante facadas em janeiro. Câmeras de segurança flagraram o momento em que a vítima foi esfaqueada.

    Segundo a decisão do juiz Matheus Ramos Moura, da Vara Criminal de Imbituva, também nos Campos Gerais do Paraná, o ex-vereador será julgado pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil e recurso que impossibilitou defesa da vítima.

    A data do julgamento ainda será definida.

    A defesa de Luisir Lobacz afirmou que vai recorrer da decisão para tentar excluir as qualificadoras, o que pode reduzir a pena em caso de condenação.

    O ex-vereador Luisir Lobacz foi preso em maio suspeito pelo crime — Foto: Reprodução/RPC

    Luisir Lobacz está preso preventivamente na Cadeia Pública de Ponta Grossa desde maio, quando foi detido em Canoinhas, no interior de Santa Catarina.

    Segundo a acusação do MP-PR, o crime foi motivado por uma dívida entre o réu e a vítima.

    A agressão aconteceu no supermercado que Manfron era proprietário. As imagens das câmeras de segurança mostram o acusado chegando ao local e agredindo o empresário.

    As câmeras de monitoramento registraram o momento que o ex-vereador esfaqueou a vítima, segundo a PM — Foto: Imagens cedidas/câmera de monitoramento

    Manfron foi atingido com golpes de faca no tórax e nos braços. Ele chegou a ser socorrido e levado para um hospital de Ivaí.

    Com o agravamento do quadro, o empresário foi transferido para um hospital de Ponta Grossa, onde morreu.



    Fonte



    Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


    Lima & Santana Propaganda