IR 2020: Consulta ao 1º lote de restituição é liberada hoje. Veja calendário

0
8

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

RIO – A consulta ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda 2020 estará disponível a partir das 9h desta sexta-feira. O pagamento está programado para o dia 29 de maio para 901.077 contribuintes, totalizando R$ 2 bilhões. Por sua vez, o prazo de entrega foi  estendido até o dia 30 de junho.

Em geral, as restituições eram pagas em sete lotes a partir do mês de junho. Neste ano, começará em maio e serão cinco lotes. Assim, com a prorrogação do prazo de declaração para 30 de junho, pela primeira vez, as restituições começam a ser pagas ainda durante o prazo de transmissão.

IR 2020Vacina, cirurgia plástica… veja as despesas médicas que podem ser deduzidas

Outra mudança é quanto ao dia do crédito bancário, normalmente se dava no dia 15 de cada mês. A partir de agora, o pagamento será realizado em lote no último dia útil do mês.

A partir desta segunda-feira, 2 de março, os contribuintes poderão fazer a entrega da declaração de Imposto de Renda de 2020. O programa para preencher o formulário já está disponível no site da Receita Federal. O prazo de entrega termina em 30 de abril.
A partir desta segunda-feira, 2 de março, os contribuintes poderão fazer a entrega da declaração de Imposto de Renda de 2020. O programa para preencher o formulário já está disponível no site da Receita Federal. O prazo de entrega termina em 30 de abril.

O primeiro lote contempla contribuintes que têm prioridade legal, sendo 133.171 idosos acima de 80 anos, 710.275  entre 60 e 79 anos e 57.631 com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

Programa:  Saiba como fazer o download do IRPF 2020

Veja o calendário de restituições

  • 29/05 – primeiro lote
  • 30/06 – segundo lote e fim do prazo para entrega
  • 31/07 – terceiro lote
  • 31/08 – quarto lote
  • 30/09 – quinto lote

Vale:  Ex-sócio na Guiné, magnata acusa mineradora de omitir que sabia de corrupção no país

Segundo a Receita, mais da metade dos contribuintes ainda não enviaram sua declaração. “É importante que o declarante junte a documentaçao e comece o preenchimento para o envio, a fim de se evitar atropelos de última hora, já que muitas dúvidas surgem nesse momento”, diz Joaquim Adir, Supervisor Nacional do IR.

Ele destaca ainda que o quanto antes a declaração for regularmente enviada, mais rápido será o processamento e a restituição.



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda