::. FisioForm .::

0
47

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

DRENAGEM LINFÁTICA NO PÓS- OPERATÓRIO DE CIRURGIA PLÁSTICA

20 de Abril de 2020

    Atualmente, a cirurgia plástica está entre as intervenções cirúrgicas mais realizadas. A constante busca por intervenções cirúrgicas tem crescido de forma vertiginosa, “o corpo toma a frente da cena social e se torna alvo de investimentos sem fim.” (AMARAL et al., 2009, p.1).

Como a realização de cirurgia plástica pode ocasionar o rompimento de células e vasos sanguíneos – gerando um acúmulo de líquidos, é muito  indicado a realização da drenagem linfática manual, que auxilia na diminuição e minimização das complicações do pós-operatório. 

    A drenagem linfática no pós-operatório tem sua importância por estimular a circulação linfática, promovendo a limpeza do organismo através da eliminação de líquidos acumulados, reabsorvendo as toxinas, nutrindo os tecidos, melhorando o processo de cicatrização, proporcionando uma recuperação mais rápida do período pós-operatório. 

Dentre as complicações pós-operatórias, temos: a) edema: acúmulo excessivo de fluidos nos tecidos, resposta do organismo sinalizando que há indícios sobre a reparação tecidual; b) hematoma: ocorre devido ao acúmulo de sangue na região lesionada; c) seroma: caracterizado pelo excesso de líquido de coloração amarela que fica retido no tecido subcutâneo; d) fibrose: pode aparecer abaixo da pele nos primeiros  21 dias do pós-operatório, à medida que o processo cicatrização evolui, o tecido torna-se mais fibroso e denso e posteriormente rígido e doloroso.

    Todas essas complicações são reações naturais que ocorrem na região operada, e com o auxílio da drenagem linfática estaremos prevenindo e minimizando a evolução das mesmas. Normalmente a drenagem linfática é indicada para o pré-operatório e pós-operatório imediato, que pode ser iniciado em 24hs após o procedimento cirúrgico, seguindo em especial as orientações do médico cirurgião. 

Aqui na Clínica Fisioform contamos também com o auxílio das bandagens funcionais no pós-operatório, que irão auxiliar mais ainda na recuperação do procedimento cirúrgico estético. 

Para mais informações, entre em contato conosco!

Por: Esteticista Mariza Meurer

AMARAL, A. C. S. et. al. Os corpos da cirurgia plástica: os discursos de mulheres sobre corpo, aparência e atividade física. Disponível em: <http://www.fef.unicamp.br/hotsites/imagemcorporal2010/cd/anais/trabalhos/portugu

es/Area2/IC2-02.pdf>. Acesso em: 14 mar. 2011.



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda