Fernando Scherer, o Xuxa, adota alimentação restrita: ”Disposto”

0
57

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Fernando Scherer, o Xuxa, revela ser adepto de uma alimentação restrita: ”Faço jejum”

Hoje, às 07:00



Fernando Scherer Foto:Joel Rocha

‘);
window.uolads && window.uolads.push({ id: “banner-300×250-area”, pos: “top” });
}


‘);
window.uolads && window.uolads.push({ id: “banner-300×250-area”, pos: “top” });
}

O ex-nadador Fernando Scherer, conhecido como Xuxa, mudou completamente os seu hábitos de vida e começou a prática de jejum intermitente. Ele falou sobre o assunto com AnaMaria Digital durante um evento em São Paulo (SP), na última terça-feira (24).


Segundo ele, tudo começou há cerca de um ano, quando tirou tudo da geladeira e do armário e mergulhou na proposta de ficar sem se alimentar durante, pelo menos, 12 horas de seu dia.  “Eu nunca estive tão bem disposto, com tanta energia, nunca dormi menos e com mais qualidade”, conta.




Segundo o ex-atleta, bem no início ele jejuava por algumas horas e depois se alimentava com legumes. “Claro que sentia falta de algumas coisas, como açúcar, massa branca e vinho, mas era exatamente isso que não colocava novamente na minha alimentação”, ressalta.

‘);
window.uolads && window.uolads.push({ id: “banner-300×250-1-area” });
}



Xuxa garante que o esquema funciona muito bem para ele: “Não estou dizendo que é saudável ou não, mas é o que eu faço e já me acostumei.”


MÃE NÃO GOSTA


Com a restrição nos hábitos alimentares, no entanto, Xuxa se deparou com algumas dificuldades na hora de comer fora de casa, especialmente quando sai na companhia dos amigos ou vai visitar familiares. 

‘);
window.uolads && window.uolads.push({ id: “banner-300×250-2-area” });
}


“Às vezes, vou na casa dela em meio a um jejum de 12 horas e não como nada, mas para não encher o saco dela, finjo que como, porque sei que para eles eu vou ser o chato e não quero ser”, revela.


Xuxa explica que, para que virasse um hábito em sua vida, ele passou 60 dias se alimentando de uma forma mais regrada. Hoje, porém, apesar de não comer mais arroz e carne, ainda assim se permite alguns prazeres alimentares.


“Tomo a minha taça de vinho, até para manter o equilíbrio. Mas tem coisas que não coloco por nada e nem por ninguém, inclusive pela minha mãe, que já sabe disso. Agora ficou fácil, pois ela me vê melhor, com mais disposição”, ressalta.


ATRÁS DA ‘MELHOR VERSÃO’


O ex-nadador teve uma carreira de grande sucesso no esporte. Nele, foi medalhista olímpico, bicampeão e recordista mundial. No momento, contudo, deseja conquistar algo muito além das piscinas.


Atualmente, Xuxa é apresentador e palestrante, além de se dedicar aos estudos do comportamento humano por meio da neurociência, psicologia comportamental e energia


Para ele, tudo começou como um sonho. “O meu era ganhar medalhas, ser o melhor nadador, o mais rápido possível. Hoje, eu só tenho um sonho na minha vida, que é me tornar a melhor versão do ‘Fernando Scherer’ como pai, como filho, como amigo, como palestrante e, independentemente do que eu vá fazer, serei a minha melhor versão”, afirma.


Para alcançar este objetivo, o esportista contou que foi preciso mudar completamente seus hábitos diários e ser muito disciplinado para conseguir dar conta de tudo.

“Eu acordo todos os dias e tenho uma rotina muito saudável, hábitos construídos com disciplina. Porque a disciplina é uma coisa fácil pra mim, se não a tivesse, não teria nenhuma dessas medalhas”, diz.


Na época da natação, Xuxa enfrentava uma rotina pesada e precisava treinar cerca de oito horas por dia. “Eu tinha que cair na água quando não queria, a água estava fria, mas eu tinha que entrar. Mas por quê? Porque se eu não tivesse fazendo, alguém faria melhor e me venceria. Então eu aprendi que não podemos fazer só o que a gente quer, mas o que precisa ser feito”, explica.


COMO FUNCIONA O JEJUM?


De acordo com matéria publicada na revista AnaMaria, o jejum intermitente alterna períodos de privação com outros em que a pessoa come normalmente. 


Maria Flávia Sgavioli, nutricionista da Estima Nutrição, que também é membro da Associação Brasileira de Saúde Funcional e de Estilo de Vida, acredita que o jejum de 12 horas traz benefícios à saúde, especialmente para quem está começando na prática. 


O indivíduo que quiser aderir à prática precisa rechear o cardápio com alimentos naturais e saudáveis, que saciam a fome e não engordam. “O ideal é jantar mais cedo, por volta das 19h, e recomeçar a comer no dia seguinte, às 7h”, diz.


No entanto, antes de começar qualquer dieta, fale com seu médico. Isso porque pessoas com doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, crianças, grávidas e lactantes estão proibidas de fazer jejum!




Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda