Débora Marcondes requer instalação do Restaurante Bom Prato em Itapeva – Notícias – Jornal Ita News

0
6

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Vereadora conta que há três anos cobra governo de São Paulo para contemplar o município com o programa que fornece alimentação saudável a custo de R$ 1,00.

A vereadora Débora Marcondes encaminhou ao Secretário de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo, Marco Vinholi, um requerimento pedindo a implantação do restaurante “Bom Prato”, para Itapeva.

O Programa Bom Prato é um programa social que foi criado em 2000 pelo Governo do Estado de São Paulo. Com o objetivo de oferecer à população de baixa renda refeições saudáveis, de alta qualidade e a custo acessível.

Débora contou que há 3 anos vem lutando pela vinda do Bom Prato para o Município de Itapeva. “Seria de grande valia para a população a instalação de um Restaurante Bom Prato em nossa cidade, pois aqui recebemos muitas pessoas que vem de outros municípios para serem atendidos no AME, UPA, Santa Casa, e os demais variados tipos de serviços que temos em nossa cidade, pois se trata da sede da 16° região administrativa do Estado, que é composta por 32 municípios”, explicou.

A vereadora ainda contou que no ano de 2018, esteve participando de uma reunião com o Secretário Estadual Floriano Pesaro, na Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, onde contou com presença Dr. Ulysses, que estava como deputado na época, e a pauta foi com relação às tratativas finais para a implantação do Programa Bom Prato em Itapeva.

De acordo com a vereadora Débora Marcondes, “Esse Programa Bom Prato vai beneficiar a população, com uma alimentação saudável e de qualidade a um custo acessível, Itapeva e região agradece, pois é grande o número de pessoas da região que frequentam nossa cidade por motivo de saúde, e tem como objetivo oferecer para a população de baixa renda refeições saudáveis e de alta qualidade a custo acessível e servido diariamente. O almoço tem custo de R$ 1,00 (um real), e composta por arroz, feijão, salada, legumes, uma proteína, farinha de mandioca, pão, suco e sobremesa, além de café da manhã a custo 0,50 centavos”.

Como desde a reunião de 2018, onde foi discutido a implantação do Bom Prato em Itapeva, não houve sinalização de que o programa seria implantado no município, Débora  diz que estará lutando pela vinda do mesmo para o município. “Diante disso, esse ano estoufirmemente cobrando o Governo de Estado para a vinda do Bom Prato para Itapeva”.



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda