Chuva forte causa alagamentos e deslizamento na Baixada Santista | Santos e Região

    0
    11

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    A chuva forte que atinge a Baixada Santista, no litoral de São Paulo, desde a noite desta sexta-feira (26) causou vários pontos de alagamentos em algumas cidades da região e até mesmo um deslizamento. A previsão é de que a chuva continue durante todo o fim de semana e as temperaturas fiquem entre 16 e 22ºC.

    Em Santos, o acumulado de chuva das últimas 72 horas é de 89,8 mm. As rajadas de vento foram de 65 km/h na manhã deste sábado (27) e a maré chegou a 1,49 m, com ondas de 1,64 m. Segundo a Defesa Civil, os morros estão em estado de atenção.

    Durante a madrugada, houve um deslizamento no Morro Santa Maria, que atingiu uma moradia. Um casal e seus dois filhos adolescentes ficaram desalojados e estão na casa de familiares. A casa atingida fica em área de ocupação irregular.

    Internauta reclama de alagamento na Rua Boris Kauffmann, no José Menino, em Santos — Foto: G1 Santos

    Segundo a CET, foram registrados alagamentos nos dois sentidos da avenida Nossa Senhora de Fátima, na altura da Ana Santos, mas ainda transitável, e na rua Boris Kauffmann. Já na Praça Washington, no José Menino, só é possível acessar o trecho entre as ruas Décio Stuart e Santa Catarina com veículos de grande porte. Há painel informativo no local.

    Em São Vicente, a Defesa Civil não registrou ocorrências em decorrência das chuvas, apenas pontos de alagamento na Avenida Penedo, devido a combinação com maré alta. O acumulado pluviométrico das últimas 72 horas é de 89,8 mm. O total de chuvas registrado do início do mês de junho até o momento é de 176,6 mm.

    Motoristas sofrem para passar com carro pelo Avenida Penedo, em São Vicente — Foto: G1 Santos

    Em Itanhaém, os índices pluviométricos das últimas 24 horas são de 31.98 mm no Centro, 96, 93 mm no Gaivota e 57.8 mm no São Fernando. A cidade não registrou ocorrências, apenas alagamentos em alguns pontos.

    A Defesa Civil de Bertioga informa que nas últimas 12 horas choveu 84,4 mm; nas 24 horas 119,09 mm; e nas últimas 48 horas 122,44 milímetros. O acumulado das últimas 72 horas (três dias) é de 123 milímetros. Bertioga está em estado de alerta. Não vou registrada nenhuma ocorrência.

    Segundo a Defesa Social de Peruíbe, não foram registradas ocorrências. Porém, o acumulado de chuvas no mês de junho ultrapassou o mesmo período dos últimos quatro anos, chegando a registrar 226,98 mm. O acumulado das últimas 72h é de 75 mm na Base, 56,48 mm no Jardim Veneza, 61,61 mm no Parque do Trevo e 122,5 mm no Guaraú: 110 mm, acumulado 72h.

    As demais cidades da Baixada Santista não enviaram informações até a última atualização desta reportagem.



    Fonte



    Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


    Lima & Santana Propaganda