Cardpio ajuda a combater o vrus

0
71

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Pixahere/Banco de Imagens

Investir tempo e ateno para o que se pe no prato uma tarefa que contribui e muito para a sade


Não existe alimento milagroso que possa evitar ou tratar a Covid-19, causada pelo novo coronavírus. Mas uma alimentação saudável pode ajudar a fortalecer o sistema imunológico no enfrentamento de diversas doenças. Investir tempo e atenção para o que se põe no prato é uma tarefa que contribui e muito para deixar o organismo mais forte e saudável e preparado contra invasores.

Glaucia Pastore, professora titular da Faculdade de Engenharia de Alimentos da Unicamp

O Correio Popular conversou com Glaucia Pastore, professora titular da Faculdade de Engenharia de Alimentos da Universidade Estadual de Campinas (FEA/Unicamp). Ela deu dicas de alimentos bem fáceis de preparar e consumir, com igredientes fáceis de encontrar, e que podem ser incluídos ou reforçados no cardápio do dia a dia. Como nos últimos dias muitas pessoas voltaram a cozinhar em casa por causa do confinamento, as dicas podem ser uma boa alternativa para reforçar a alimentação.

“Ter uma boa alimentação ajuda a preparar um exército de defesa no nosso organismo. Para isso é muito importante que as pessoas consumam proteínas de alto valor biológico, gordura de boa qualidade, frutas, verduras e legumes bem variados. E nada de pular as refeições”, afirma a especialista.

E sabe aquela famosa canja de galinha que nossos avós e pais falam que é bom para ajudar a curar gripes e resfriados? Pois a especialista concorda e indica como uma boa opção para as noites de Outuno e Inverno. “Trata-se de um ótimo alimento para comer à noite, pois contém frango, cenoura, arroz ou macarrão, alho, cebola e temperos verdes. Todos esses ingredientes são altamente nutritivos e juntos formam uma alimentação perfeita”, destaca.

Outra dica é caprichar na ingestão de vitamina C, um importante componente na fortificação do sistema imunológico, por meio das frutas. “Capriche na ingestão de laranja, limão, acerola, manga, abacaxi, goiaba, melão, kiwi, morango, tangerina. Dá para misturar várias frutas no suco, ou ainda fazer um chá de limão que deve levar a casca no preparo”, diz.

Na lista de frutas também não deve faltar banana que é rica em fibras e minerais, além das frutas vermelhas, como melância e morango. “A maçã deve ser consumida com casca, caso não goste faça um suco e use a casca”, diz.

A dupla dinâmica alho e cebola deve estar presente diariamente na comida, pois contribue muito para a manutenção da saúde. “Quem quiser pode até mastigar um alho ou ainda colocar um dente de alho no copo de água e depois ingerir a água”, diz. Arroz e feijão também são importantes reservas de energia.

Entre os legumes e verduras, ela destaca a importância de ter uma cardápio bem variado, mas ressalta que a presença de brócolis e couve-flor na lista faz a diferença. “Varie as verduras como alface, couve, chicória, rúcula. Quanto mais variedades melhor”, diz.

E o importante aliado para equilibrar a flora intestinal é o iogurte natural, que pode ser preparado em casa com leite. “Basta ferver um litro de leite e depois que estiver morno acrescentar um pote de iogurte natural”, diz.




Escrito por:

Katia Camargo




Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda