Bombeiros retomam buscas por cinco desaparecidos atingidos por cabeça d’água no litoral de SP | Santos e Região

    0
    5

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    Bombeiros retomaram as buscasm, nesta terça-feira (23), por cinco pessoas que desapareceram em cachoeiras e rios no litoral de São Paulo, após a formação de cabeças d’água no último domingo (21). Equipes procuram por vítimas nas cidades de Cubatão, Praia Grande e Bertioga, que teriam sido levadas pela correnteza após forte chuvas atingirem a região.

    De acordo com o Corpo de Bombeiros, há 12 viaturas nos três municípios e 28 bombeiros mobilizados no terceiro dia de buscas pelos desaparecidos. Cubatão conta com 13 agentes e seis viaturas, Bertioga com nove bombeiros e três carros e Praia Grande seis agentes e três veículos.

    Os bombeiros utilizam botes para encontrar as vítimas. Em Cubatão, uma equipe percorre as margens do Rio Perequê, localizado no Parque Ecológico Perequê, a procura de um casal que desapareceu no domingo. Jussara Xavier Raimundo e Florisvaldo Neto Xavier são moradores de São Vicente e foram surpreendidos por uma cabeça d’água, por volta de 15h20. Ela tentou salvar o marido se afogava e ambos desapareceram.

    As buscas pelo casal foram retomadas, nesta terça-feira, embaixo da Rodovia Cônego Domênico Rangoni. Os bombeiros também estudam o Rio a fim de saber para qual direção as vítimas podem ter sido levadas.

    Buscas continuam em Cubatão, SP, onde casal desapareceu — Foto: Reprodução/ TV Tribuna

    Já em Bertioga, a corporação foi acionada no domingo, por volta das 15h45, para resgatar um casal de turistas, moradores de São Paulo. Eles atravessavam a Cachoeira Véu da Noiva, localizada próximo à uma trilha do elefante, às margens da rodovia Mogi-Bertioga. A cabeça d’água atingiu o local e eles foram levados pela correnteza. Segundo apurado pela reportagem, eles estavam acompanhados de um grupo que conseguiu retornar à rodovia.

    Em Praia Grande, Marcos Henrique Nere Passos, de 23 anos, desapareceu na Cachoeira do Melvi, no bairro Jardim Guaraiuva, também no domingo. O morador estava acompanhado de três pessoas e o grupo foi surpreendido por um grande volume de água que desceu pela cabeceira do rio. Um vídeo registra o momento que o rapaz é arrastado pela cabeça d’água (assista abaixo).

    Grande volume de água atingiu a Cachoeira do Melvi, em Praia Grande, SP — Foto: Reprodução

    As buscas foram retomadas nas duas cachoeiras, na manhã desta terça-feira. Os bombeiros já desceram 15 km nas cachoeiras de Praia Grande e Bertioga em busca das vítimas. Há ainda um Helicóptero Águia, da Polícia Militar, em cada um dos três municípios, sobrevoando as áreas das buscas.

    Vídeo registra momento em que jovem é arrastado por cabeça d'água em cachoeira

    3 min Vídeo registra momento em que jovem é arrastado por cabeça d’água em cachoeira

    Vídeo registra momento em que jovem é arrastado por cabeça d’água em cachoeira

    Caso aconteceu em Praia Grande (SP) no último domingo (21).

    Segundo a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil (CEPDEC/SP), a cabeça d’água é o fenômeno de aumento rápido e repentino da água em cachoeiras, rios e lagos, devido às chuvas intensas nas cabeceiras ou em trechos mais altos do curso d’água, o que representa um grande perigo.

    As pessoas devem evitar frequentar esses lugares em períodos chuvosos. A presença de folhas, o aumento do volume do som de cascata e a mudança da cor da água são alguns dos indicativos do fenômeno. Ao notar a presença de qualquer um desses sinais, deve-se sair imediatamente da água.

    VÍDEOS: Confira os destaques da região no G1 em 1 Minuto Santos



    Fonte



    Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


    Lima & Santana Propaganda